NEOARQUEO
01 janeiro 2011
  Consoada NEANDERTHAL

Convido os meus amigos a entrar nesta humilde caverna do Homem de Neanderthal. Estes são os Homens de Neanderthal. São muito antigos...Até se extinguiram, e tudo. Bom, mas nesta quadra Natalícia em que se apela tanto à família não queria deixar de partilhar convosco este bonito quadro de harmonia familiar e de vizinhança. Digam-me lá se esta é ou não a verdadeira cena da Consoada, só lá falta o bacalhau... É bom estar em família...até os nossos mais remotos antepassados gostavam.
Feliz Natal e Excelente 2006 para os meus amigos comentaristas e leitores.
PS Este Post foi transferido para data posterior por questões técnicas.


 
<$Comentários$>:
Mas que cena … meu!

Mas agora reparo … e as mulheres? Já naquele tempo estavam na cozinha? É o mais certo, afinal a tradição já não é o que era …

Boas festas para ti, esposa e filhotas e um Natal cheio, cheio, cheio de tudo o que mais desejarem, não imponho nada!

Abraços
 
Abre bem os olhos que as vês...Bom Natal para vós também.
 
Votos de Feliz Natal
 
Uns minutos antes da hora da consoada ainda me permitem deixar-te aqui um abraço.

Boa consoada, de preferência do género da da imagem - em familia.
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Muito obrigado, devolvo também um desejo de um excelente Natal em família e recheado de saúde... e daquele bom vinho que aprendes-te a fazer, há um dos sete cientistas que afirma peremptoriamente que o segredo desse néctar estava guardado sob o pó de centenas de anos, numa aldeia, qualquer coisa de Mato, e o meu amigo, ao vasculhar o passado encontro a formula secreta de fazer vinho com uvas (boas), a quantidade certa de sulfitos e acido tartárico, ou será com água como em Caná? Seja qual for o segredo a pinga é boa para acompanhar as batatas com bacalhau e couves.
Quanto aos rapazes da imagem, eles perderam-se na evolução, mas já tinham umas mãos muito próximas ás do homo sapiens, o que lhe conferia uma grande habilidade para criar, e utilizar, utensílios. Os motivos que levaram ao seu desaparecimento eram um tema interessante para debater aqui. A teoria de que não tinham grande destreza manual para competir com o homo sapiens caiu por terra quando se fez, através dos ossos encontrados, uma recriação computorizada da mão, mostrando uma mão muito idêntica á do homem moderno. As outras hipóteses são as mudanças climatéricas, a revista nature tinha um grande artigo sobre este tema, mas isso fica para depois.
Um abraço e bom Natal

RC
 
Feliz Natal para ti também.
BShell
 
As grandes mudanças climatéricas( nomeadamente a glaciação que aconteceu)foram as grandes causas da extinção do Homem de Neanderthal. Emfuturis artigos debater-se-á o assunto, fica combinado. Quanto ao vinho, o desta colheita está simplesmente divinal, e não é para me gabar...
 
~giro!

As festas são as festas...há que as gozar em pleno. Uma quadra cheia de “coisas” boas são os votos de
BLUESHELL
 
Espero que a sua consoada tenha sido dentro desse mesmo espirito.
 
Meu caro amigo, então aproveitou o Natal para ir aos miscaros?
 
É isso mesmo Terreiro, tb já lá fui, só que deixei lá um comentário a dizer que desisti, pois já não me recordo das psswds e como tal aconselhei o pessoal a vir para o Neoarqueo. Tinhas que ser tu...e já foi em Março...
 
Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]





<< Página inicial
Espaço para reflexões sobre Património Cultural, Arqueologia, Historia e outras ciências sociais. Gestão e Programação do Património Cultural. Não é permitida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo deste blog sem o prévio consentimento do webmaster.

A minha fotografia
Nome:

António Tavares. Arqueólogo e Gestor do Património Cultural. Actividade liberal, Arqueoheje e Município de Mangualde.


Arquivo
Setembro 2005 / Outubro 2005 / Novembro 2005 / Dezembro 2005 / Janeiro 2006 / Fevereiro 2006 / Março 2006 / Abril 2006 / Maio 2006 / Junho 2006 / Julho 2006 / Agosto 2006 / Setembro 2006 / Outubro 2006 / Novembro 2006 / Dezembro 2006 / Janeiro 2007 / Fevereiro 2007 / Março 2007 / Abril 2007 / Maio 2007 / Junho 2007 / Julho 2007 / Setembro 2007 / Outubro 2007 / Novembro 2007 / Fevereiro 2008 / Abril 2008 / Maio 2008 / Setembro 2008 / Outubro 2008 / Novembro 2008 / Dezembro 2008 / Março 2009 / Abril 2009 / Maio 2009 / Junho 2009 / Julho 2009 / Agosto 2009 / Setembro 2009 / Outubro 2009 / Dezembro 2009 / Janeiro 2010 / Abril 2010 / Junho 2010 / Setembro 2010 / Novembro 2010 / Janeiro 2011 / Fevereiro 2011 / Março 2011 / Abril 2011 / Maio 2011 / Junho 2011 / Julho 2011 / Agosto 2011 / Setembro 2011 / Outubro 2011 / Novembro 2011 / Dezembro 2011 / Janeiro 2012 / Abril 2012 / Fevereiro 2013 / Junho 2013 / Abril 2016 /




Site Meter

  • Trio Só Falta a Mãe
  • Memórias de Histórias
  • arte-aberta
  • Rede de Artistas do Arte-Aberta
  • Museu Nacional de Arqueologia
  • Abrunhosa do Mato
  • CRDA
  • Instituto Arqueologia
  • Terreiro
  • O Observatório
  • Domusofia
  • O Mocho
  • ACAB
  • O Grande Livro das Cabras
  • Teoria da conspiração e o dia dia do cidadão
  • O meu cantinho
  • Escola da Abrunhosa
  • O Fornense
  • Um Blog sobre Algodres
  • d'Algodres:história,património e não só!
  • Roda de Pedra
  • Por terras do Rei Wamba
  • Pensar Mangualde
  • BlueShell
  • Olhando da Ribeira
  • Arca da Velha
  • Aqui d'algodres
  • n-assuntos
  • Universidade Sénior Mangualde
  • Rotary Club de Mangualde
  • galeriaaberta
  • Francisco Urbano
  • LONGROIVA
  • Kazuzabar