NEOARQUEO
03 fevereiro 2006
  Castelo Rodrigo...séculos de História
Lá do alto de Castelo Rodrigo comtempla-se uns magníficos 360º de terrenos de planície, vislumbrando-se a toda a volta, lá ao longe, as serras que o cercam. Em baixo, na planície, fica Figueira de Castelo Rodrigo, a sede do Concelho, no Distrito da Guarda. Castelo Rodrigo supostamente foi fundada pelos túrdulos em 500 a.C., no cume da Marofa, para mais tarde ser transferida para o actual local. Com a chegada dos Romanos, Castelo Rodrigo terá sido um "oppidum" lusitano defendido por poderoso castro e muralhas torreadas. Desta altura subsistem calçadas, moedas, parcelas de muralhas, etc. Será desta época a fortaleza, na qual Afonso IX de Leão terá reconstruido as muralhas, no ano longínquo de 1209 e lhe atribui foral. Não há vestígio dos Suevos e dos Visigodos.. Em 1170 Afonso Henriques conquista Castelo Rodrigo aos mouros e funda o Convento de Santa Maria de Aguiar. Perdida de novo para os sarracenos é reconquistada definitivamente por Sancho I, e é reconhecida como portuguesa pelo Tratado de Alcanices, em 1297. D. Dinis ergueu robustas muralhas que envolveu o casario apoiadas em torres semicirculares. D. Fernando, na preparação da guerra com Castela reparou as muralhas, facto repetido por D João I; mas, palco que foi de tantas lutas ficou a vila despovoada e o castelo cai em ruinas. No âmbito da designada "arquitectura da Reconquista" o castelo é um dos mais exemplares sistemas fortificados medievais peninsulares. Castelo Rodrigo esteve envolvida na complexa e longa história que opôs Portugal a Castela. Hoje vale a pena visitar esta aldeia histórica de Portugal. É linda...visitem, num dia de Sol, sem neblina...A paisagem lá do alto é deslumbrante. Passei por lá, não podia deixar de vos agradar com mais este apontamento histórico-turístico.
 
<$Comentários$>:
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Passei lá muitas vezes. De lá se avista uma paisagem espectacular.
Hoje, ao passar aqui, fiquei a conhecer melhor a sua história.
 
Sem sombra de dúvidas, terras lindíssimas essas de Fig. Cast. Rodrigo. Todos os seus cantos são de encanto, respira-se História e histórias …
As suas aldeias tem histórias que nos encantam.
Boa escolha para um post. Parabéns.

Abraços
 
Interessante essa antiga vila, curioso tambem, a semelhanca da Idanha a Velha "Egitanea" ter as torres da muralha circulares.

Iniciei um novo blog: http://aquidalgodres.blogspot.com
tem outro tema por finalidade, passe por la e diga algo.

Bom fim de semana
 
eu ja fui aí.. nos celebres passeios do grupo coral da igreja.. nos tempos em que eu cantava.. ou simplesmente ia para o meio dos outros.. e ia aos passeios.. :) depois comecei a dar nas vistas.. adormecia nos ensaios, não acordava para ir a missa.. acabei por desistir.. hoje quando vou passei do grupo coral simplesmente para o coro.. :) ca bem atrás.. já estou a divagar..
é um rico post como você já nos habituou não é.. Estou sempre aprender aqui..
Cumprimentos Fornenses
 
Para um post destes e fotos, é nota máxima, acredito que alguém de Castelo Rodrigo, ler este artigo, certamente que vais ter uns almoços pagos...isto não é para todos!


Grande abraço
 
Zel, Deus te ouça, amigo, Deus te ouça...
 
E uma zona lindissima com muita historia e um cheiro a terra que em poucos lugares se conheçe
 
afinal o post sempre aparceu :)
 
Boa resenha histórica. Já fico a saber mais um pouco. Obrigado.

Estive na Abrunhosa e nem te vi. Estás sempre com os queixos na “pilheira”, ou que?
 
Alex, Tu sabes bem onde é a minha casa e consequentemente a minha "pilheira". Mas, ultimamente andas envergonhado e não vais lá. É assim, eu não adivinho quando tu cá vens, eu ao fim de semana, raramente saio, pois nada tenho a fazer na rua, mas sim em casa. Quando cá vieres apita, isto é, aparece; penso que já não é a primeira vez que te digo isto...
 
O que me impressiona neste monumento é a sua teimosia em não cair ...
Mais facilmente cai a arqueologia Portuguesa!
 
DE acordo, bota, e uma vez mais sê bem vindo a este espaço: hoje faço anos....
 
Passei aqui para dar um abraço ao meu amigo TSFM que hoje é pequenino. Parabéns a você que pagou o almoço :-)

Ainda bem que gostaste do livro. Estive para te oferecer o do Kama Sutra mas acho que com esse te vais divertir mais :-)

Parabéns
 
Foste eleito, para teu azar, para expores cinco manias ou características tuas aqui no Neo. Passa lá no Observatório para perceberes a coisa.
 
Parabéns.
 
Dizer que a vista e que a aldeia são deslumbrantes é poupar nos encómios! E nos encómios não se deve poupar! Sinto-me bem entre aquelas ruínas...
 
Eu não poupei nos encómios, não tinha e não tenho mais palavras para descrever a beleza e a emoção que senti naquele momento
 
Vim indigitado pela MARILU mas gostei imenso, já está nos especiais.
parabéns, Ricky
 
E eu que sou natural de Castelo Rodrigo estou inchadissima de orgulho, com os vossos "incómios". Risos. No meu blog, entre outras coisas falo também de coisas de lá.
Obrigada pela autorização.
 
Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]





<< Página inicial
Espaço para reflexões sobre Património Cultural, Arqueologia, Historia e outras ciências sociais. Gestão e Programação do Património Cultural. Não é permitida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo deste blog sem o prévio consentimento do webmaster.

A minha fotografia
Nome:

António Tavares. Arqueólogo e Gestor do Património Cultural. Actividade liberal, Arqueoheje e Município de Mangualde.


Arquivo
Setembro 2005 / Outubro 2005 / Novembro 2005 / Dezembro 2005 / Janeiro 2006 / Fevereiro 2006 / Março 2006 / Abril 2006 / Maio 2006 / Junho 2006 / Julho 2006 / Agosto 2006 / Setembro 2006 / Outubro 2006 / Novembro 2006 / Dezembro 2006 / Janeiro 2007 / Fevereiro 2007 / Março 2007 / Abril 2007 / Maio 2007 / Junho 2007 / Julho 2007 / Setembro 2007 / Outubro 2007 / Novembro 2007 / Fevereiro 2008 / Abril 2008 / Maio 2008 / Setembro 2008 / Outubro 2008 / Novembro 2008 / Dezembro 2008 / Março 2009 / Abril 2009 / Maio 2009 / Junho 2009 / Julho 2009 / Agosto 2009 / Setembro 2009 / Outubro 2009 / Dezembro 2009 / Janeiro 2010 / Abril 2010 / Junho 2010 / Setembro 2010 / Novembro 2010 / Janeiro 2011 / Fevereiro 2011 / Março 2011 / Abril 2011 / Maio 2011 / Junho 2011 / Julho 2011 / Agosto 2011 / Setembro 2011 / Outubro 2011 / Novembro 2011 / Dezembro 2011 / Janeiro 2012 / Abril 2012 / Fevereiro 2013 / Junho 2013 / Abril 2016 /




Site Meter

  • Trio Só Falta a Mãe
  • Memórias de Histórias
  • arte-aberta
  • Rede de Artistas do Arte-Aberta
  • Museu Nacional de Arqueologia
  • Abrunhosa do Mato
  • CRDA
  • Instituto Arqueologia
  • Terreiro
  • O Observatório
  • Domusofia
  • O Mocho
  • ACAB
  • O Grande Livro das Cabras
  • Teoria da conspiração e o dia dia do cidadão
  • O meu cantinho
  • Escola da Abrunhosa
  • O Fornense
  • Um Blog sobre Algodres
  • d'Algodres:história,património e não só!
  • Roda de Pedra
  • Por terras do Rei Wamba
  • Pensar Mangualde
  • BlueShell
  • Olhando da Ribeira
  • Arca da Velha
  • Aqui d'algodres
  • n-assuntos
  • Universidade Sénior Mangualde
  • Rotary Club de Mangualde
  • galeriaaberta
  • Francisco Urbano
  • LONGROIVA
  • Kazuzabar