NEOARQUEO
03 setembro 2006
  Casa da Pérgola...Cascais


Casa da Pérgola, em Cascais.
Actualmente é um Hotel, uma Pousada...Acrescente-se: edílica.
Estamos perante uma casa do século passado, cuja arquitectura transpira arte por todas as paredes e recantos. É o nº 13 da Avenida de Valbom, na cidade de Cascais.
Eis o resultado de umas férias que não são dedicadas apenas aos prazeres do Sol e das águas referescantes do Atlântico.
Agradeço uma vez mais à minha querida amiga Eduarda Lima o envio das fotos, e sempre que saia, nem que seja para um fim-de-semana curtinho, leve sempre a máquina fotográfica. Por favor...
 
<$Comentários$>:
claro que levo! ainda por cima a era digital facilitou tanto a fotografia e a sua divulgação nos blogs e afins.
mas ás vezes esqueço-me.

abraço da leonoreta
 
Bela casa! Era mesmo uma destas que comprava se me saisse um jackpot do euromilhões!
 
Leonoretta, de facto e após ter visto o seu blog, faço-lhe o mesmo pedido: leve sempre consigo a máquina fotográfica. O eximproviso já faz parte das minhas visitas. Porém, neste particular referia-me a Eduarda Lima, que tem colaborado imenso comigo.
 
Depois de conhecer as Pousadas de Portugal fiquei tão fascinada que espero voltar a visitar em breve.

BJS
 
E de facto linda, embora eu pessoalmente, aprecio muito mais aquelas antigas feitas de granito beirao.

Um abraco de amizade. Ja estava a estranha-lo.
 
Belíssima. Vou estar lá perto 3 dias. Se der tempo vou lá ver. Parabéns à fotógrafa pelas fotos que são magníficas.

P.S. O programa é aos sábados entre as 10 e as 13 horas. Está no último parágrafo. Um abraço.
 
Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]





<< Página inicial
Espaço para reflexões sobre Património Cultural, Arqueologia, Historia e outras ciências sociais. Gestão e Programação do Património Cultural. Não é permitida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo deste blog sem o prévio consentimento do webmaster.

A minha fotografia
Nome:

António Tavares. Arqueólogo e Gestor do Património Cultural. Actividade liberal, Arqueoheje e Município de Mangualde.


Arquivo
Setembro 2005 / Outubro 2005 / Novembro 2005 / Dezembro 2005 / Janeiro 2006 / Fevereiro 2006 / Março 2006 / Abril 2006 / Maio 2006 / Junho 2006 / Julho 2006 / Agosto 2006 / Setembro 2006 / Outubro 2006 / Novembro 2006 / Dezembro 2006 / Janeiro 2007 / Fevereiro 2007 / Março 2007 / Abril 2007 / Maio 2007 / Junho 2007 / Julho 2007 / Setembro 2007 / Outubro 2007 / Novembro 2007 / Fevereiro 2008 / Abril 2008 / Maio 2008 / Setembro 2008 / Outubro 2008 / Novembro 2008 / Dezembro 2008 / Março 2009 / Abril 2009 / Maio 2009 / Junho 2009 / Julho 2009 / Agosto 2009 / Setembro 2009 / Outubro 2009 / Dezembro 2009 / Janeiro 2010 / Abril 2010 / Junho 2010 / Setembro 2010 / Novembro 2010 / Janeiro 2011 / Fevereiro 2011 / Março 2011 / Abril 2011 / Maio 2011 / Junho 2011 / Julho 2011 / Agosto 2011 / Setembro 2011 / Outubro 2011 / Novembro 2011 / Dezembro 2011 / Janeiro 2012 / Abril 2012 / Fevereiro 2013 / Junho 2013 / Abril 2016 /




Site Meter

  • Trio Só Falta a Mãe
  • Memórias de Histórias
  • arte-aberta
  • Rede de Artistas do Arte-Aberta
  • Museu Nacional de Arqueologia
  • Abrunhosa do Mato
  • CRDA
  • Instituto Arqueologia
  • Terreiro
  • O Observatório
  • Domusofia
  • O Mocho
  • ACAB
  • O Grande Livro das Cabras
  • Teoria da conspiração e o dia dia do cidadão
  • O meu cantinho
  • Escola da Abrunhosa
  • O Fornense
  • Um Blog sobre Algodres
  • d'Algodres:história,património e não só!
  • Roda de Pedra
  • Por terras do Rei Wamba
  • Pensar Mangualde
  • BlueShell
  • Olhando da Ribeira
  • Arca da Velha
  • Aqui d'algodres
  • n-assuntos
  • Universidade Sénior Mangualde
  • Rotary Club de Mangualde
  • galeriaaberta
  • Francisco Urbano
  • LONGROIVA
  • Kazuzabar