NEOARQUEO
07 janeiro 2011
  ILHA de PÁSCOA…ou a cultura dos Polinésios

Os Polinésios foram um povo solitário das ilhas do Pacífico. Viveram entre 2000 a. C. – 1000 d. C..
Marinheiros notáveis, aventuraram-se pelo Oceano Pacífico em busca de novos continentes.
Na sua mitologia, os Polinésios dizem ter vindo do Paraíso, através de uma terra mística que se pensa ter sido o Havai. Os historiadores e peritos em línguas acreditam que muitos possam ter vindo de Taiwan, migrando em canoas abertas para as Filipinas cerca de 3000 a. C. Traziam porcos, cães e galinhas, bem como frutas e vegetais ( cocos, taros, inhames, fruta-pão e bananas). Usavam conchas para fazer ferramentas e também fabricavam olaria com complicados e belos padrões.
Os Polinésios, conhecedores das artes e técnicas de marear, expandiram-se pela Nova Caledónia, Fidji, Samoa e Tonga, Taiti e Ilhas Marquesas. Chegaram à Ilha de Páscoa por volta do ano 300 a.C..
É nesta Ilha que existem as tão enigmáticas e gigantescas esculturas de cabeças humanas com mais de 12 metros de altura e pesando cerca de 50 toneladas cada uma.
Pensa-se que tenham sido construídas pelos Polinésios, porém sabe-se que estes povos não esculpiram em pedra em mais nenhum outro local por onde passaram ou se instalaram…Assim, é provável que as esculturas sejam ainda mais antigas…feitas por um povo anterior…
São os mistérios por ora ainda indecifráveis. São mais de 500 as estátuas que povoam a Ilha de Páscoa.
Nesta quadra apreciem e…

...uma boa Páscoa para todos os meus leitores e comentaristas.

PS Este Post foi transferido para data posterior por questões técnicas.


 
<$Comentários$>:
Que fixe!
 
Boa PÁSCOA para ti e para os teus também.

Já agora, se tiveres informações técnicas/históricas sobre a ermida da Nossa Senhora de Cervães, (tipo: ano de construção, pinturas do tecto, pintor, história... etc.) agradecia mas fizesses chegar via email. Antecipadamente grato.
 
Boa Páscoa para ti também.
 
Pode muito bem ser, que ainda um dia consiga arranjar algum, para celebrar a Pascoa na ilha dela!
Entretanto fica a vontade.

Uma boa epoca pascal para o meu amigo, extensiva a todos os amigos das "Terras de Tavares e Azurara"

Um abraco do d'Algodres.
 
Será que não se condeguirá descobrir como é que "apareceram" aquelas célebres estátuas da Ilha de Páscoa?
Que mistério mais insondável que se está a tornar!
Um abraço.
António
 
Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]





<< Página inicial
Espaço para reflexões sobre Património Cultural, Arqueologia, Historia e outras ciências sociais. Gestão e Programação do Património Cultural. Não é permitida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo deste blog sem o prévio consentimento do webmaster.

A minha fotografia
Nome:

António Tavares. Arqueólogo e Gestor do Património Cultural. Actividade liberal, Arqueoheje e Município de Mangualde.


Arquivo
Setembro 2005 / Outubro 2005 / Novembro 2005 / Dezembro 2005 / Janeiro 2006 / Fevereiro 2006 / Março 2006 / Abril 2006 / Maio 2006 / Junho 2006 / Julho 2006 / Agosto 2006 / Setembro 2006 / Outubro 2006 / Novembro 2006 / Dezembro 2006 / Janeiro 2007 / Fevereiro 2007 / Março 2007 / Abril 2007 / Maio 2007 / Junho 2007 / Julho 2007 / Setembro 2007 / Outubro 2007 / Novembro 2007 / Fevereiro 2008 / Abril 2008 / Maio 2008 / Setembro 2008 / Outubro 2008 / Novembro 2008 / Dezembro 2008 / Março 2009 / Abril 2009 / Maio 2009 / Junho 2009 / Julho 2009 / Agosto 2009 / Setembro 2009 / Outubro 2009 / Dezembro 2009 / Janeiro 2010 / Abril 2010 / Junho 2010 / Setembro 2010 / Novembro 2010 / Janeiro 2011 / Fevereiro 2011 / Março 2011 / Abril 2011 / Maio 2011 / Junho 2011 / Julho 2011 / Agosto 2011 / Setembro 2011 / Outubro 2011 / Novembro 2011 / Dezembro 2011 / Janeiro 2012 / Abril 2012 / Fevereiro 2013 / Junho 2013 / Abril 2016 /




Site Meter

  • Trio Só Falta a Mãe
  • Memórias de Histórias
  • arte-aberta
  • Rede de Artistas do Arte-Aberta
  • Museu Nacional de Arqueologia
  • Abrunhosa do Mato
  • CRDA
  • Instituto Arqueologia
  • Terreiro
  • O Observatório
  • Domusofia
  • O Mocho
  • ACAB
  • O Grande Livro das Cabras
  • Teoria da conspiração e o dia dia do cidadão
  • O meu cantinho
  • Escola da Abrunhosa
  • O Fornense
  • Um Blog sobre Algodres
  • d'Algodres:história,património e não só!
  • Roda de Pedra
  • Por terras do Rei Wamba
  • Pensar Mangualde
  • BlueShell
  • Olhando da Ribeira
  • Arca da Velha
  • Aqui d'algodres
  • n-assuntos
  • Universidade Sénior Mangualde
  • Rotary Club de Mangualde
  • galeriaaberta
  • Francisco Urbano
  • LONGROIVA
  • Kazuzabar