NEOARQUEO
03 maio 2009
  Marco miliário de Licíno (versão 3)
Quanto mais se consulta os livros, quanto mais se localiza no maapa os vestígios aqrueológicos, mais se adensam as dúvidas.
Dormir, para mim sempre .teve o feito de no dia seguinte ver as coisas bastante mais claras.
Assim, e numa melhor leitura das propostas da viação romana já dadas como certas ou aceites, na nossa perspectiva há algumas incongruências:
1- a "calçada dos Barreiros não encaixa no trajecto da via VIII que o Professor João Inês Vaz faz vir de Bobadela - Caldas da Felgueira Mangualde. Porquê? Porque o Professor quando "chega a Outeiro de Espinho /Abadia de Espinho encaminha o traçado para Póvoa de Espinho e para Sta Luzia e Mangualde.
Ora, a Calçada dos Barreiros fica pertíssimo de Pinheiro de Baixo (concretamente entre esta aldeia e Santa Luzia).

Em conclusão: rem que via encaixa a "nova claçada", que nós sutentamos ser o sítio original do Marco de Licínio, pois existe lá aquilo que pde ter sido o seu pedestal?

Das duas uma ou o traçado "original" da VIA VIII está correcto e a "calçada dos Barreiros encaixa lá, mas temos que considerar uma sinuosidade mais ou menos acentuada para isso;

Ou então, teremos que proceder a uma revisão desta via VIII. É que o trajecto da Via VIII, conforme apresentado pelo insigne Professor é de facto um trajecto mais "curto" para chegar a Mangualde, mas deixa de fora pontos onde a presença romana se fez notar com alguma insistência ( conforme o "levantamento Arqueológico de mangualde" e conforme o "Património Arqueológico de Mangualde").

Assim e perante tantas dúvidas, impõe-se mais uma batida de campo, de mapa na mão, fazer o trajecto de João Inês Vaz e fazer o aque nos, a riori, apresentamos.

Nomapa que entretanto publiquei com os traçados, enquanto não apresento outro,quero desde járectificar que o Traçado Azul (correspondente à via VIII é em parte o traçado do Professor e a certa altura é o nosso. O do senhor Professor é mais curto.

Hoje não tenho tempo para publicar uma mapa com os traçados entretanto refeitosm nem tenho tempo pra lançar mais argumentação (a minha filha está em Coimbra a queimar as Fitas e eu, como bom pai, vou^juntra-me a esse momento.)

Mas segunda feira um novo post sairá já com mais pormenores que ajudem a uma melhor esclarecimanto.

Bom fim de semana a todos.
 
<$Comentários$>: Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]





<< Página inicial
Espaço para reflexões sobre Património Cultural, Arqueologia, Historia e outras ciências sociais. Gestão e Programação do Património Cultural. Não é permitida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo deste blog sem o prévio consentimento do webmaster.

A minha fotografia
Nome:

António Tavares. Arqueólogo e Gestor do Património Cultural. Actividade liberal, Arqueoheje e Município de Mangualde.


Arquivo
Setembro 2005 / Outubro 2005 / Novembro 2005 / Dezembro 2005 / Janeiro 2006 / Fevereiro 2006 / Março 2006 / Abril 2006 / Maio 2006 / Junho 2006 / Julho 2006 / Agosto 2006 / Setembro 2006 / Outubro 2006 / Novembro 2006 / Dezembro 2006 / Janeiro 2007 / Fevereiro 2007 / Março 2007 / Abril 2007 / Maio 2007 / Junho 2007 / Julho 2007 / Setembro 2007 / Outubro 2007 / Novembro 2007 / Fevereiro 2008 / Abril 2008 / Maio 2008 / Setembro 2008 / Outubro 2008 / Novembro 2008 / Dezembro 2008 / Março 2009 / Abril 2009 / Maio 2009 / Junho 2009 / Julho 2009 / Agosto 2009 / Setembro 2009 / Outubro 2009 / Dezembro 2009 / Janeiro 2010 / Abril 2010 / Junho 2010 / Setembro 2010 / Novembro 2010 / Janeiro 2011 / Fevereiro 2011 / Março 2011 / Abril 2011 / Maio 2011 / Junho 2011 / Julho 2011 / Agosto 2011 / Setembro 2011 / Outubro 2011 / Novembro 2011 / Dezembro 2011 / Janeiro 2012 / Abril 2012 / Fevereiro 2013 / Junho 2013 / Abril 2016 /




Site Meter

  • Trio Só Falta a Mãe
  • Memórias de Histórias
  • arte-aberta
  • Rede de Artistas do Arte-Aberta
  • Museu Nacional de Arqueologia
  • Abrunhosa do Mato
  • CRDA
  • Instituto Arqueologia
  • Terreiro
  • O Observatório
  • Domusofia
  • O Mocho
  • ACAB
  • O Grande Livro das Cabras
  • Teoria da conspiração e o dia dia do cidadão
  • O meu cantinho
  • Escola da Abrunhosa
  • O Fornense
  • Um Blog sobre Algodres
  • d'Algodres:história,património e não só!
  • Roda de Pedra
  • Por terras do Rei Wamba
  • Pensar Mangualde
  • BlueShell
  • Olhando da Ribeira
  • Arca da Velha
  • Aqui d'algodres
  • n-assuntos
  • Universidade Sénior Mangualde
  • Rotary Club de Mangualde
  • galeriaaberta
  • Francisco Urbano
  • LONGROIVA
  • Kazuzabar