NEOARQUEO
07 março 2006
  PENEDONO…e o seu castelo altaneiro

São antiquíssimas as terras de Penedono. A sua ocupação é remota perdendo-se na névoa espessa dos tempos. Desde a Pré-história, até aos muçulmanos, que por aqui ficaram até ao século XI, expulsos por Fernando Magno, Rei de Leão. È do ano de 960 o primeiro documento que fala de Penedono, referido como PENA de DONO, querendo dizer, segundo várias opiniões, PENHA ou Castelo de DONO, sendo DONO um nome pessoal, usual no século X.
O Castelo de Penedono foi palco de diversas batalhas, à semelhança dos castelos desta região do então Reino de Leão, teve vários donos: ora cristãos ou Sarracenos. Intimamente ligado à Reconquista Cristã, constituiu durante muito tempo, a par de Trancoso, Longroiva, entre outros, a linha da frente de longos anos de resistência aos ataques dos seguidores de Maomé.
Nos finais do séc. XII Penedono já pertencia à coroa Portuguesa e foi D. Sancho, o Povoador, quem lhe concedeu Foral no longínquo ano de 1195.
Mais um local do Distrito de Viseu repleto de História e de histórias que merecem ser contadas. Convido os meus amigos a fazerem-lhe uma visita. Verão que vale a PENA…
 
<$Comentários$>:
uhmm nunca fui a penedono.. n ha la nenhuma disco fix.. lolol :)
agora a serio.. é mais um belo apontamento neoarqueologico!
cumprimentos fornenses
 
Sempre a dares TPC ao pessoal, isto de visitar todos estes sítios já tenho, umas voltas para dar de bicicleta....não vás para muito longe.....rsssssssssss
 
Linda Vila, o Penedono e, com muita historia, que pena estar tao despovoada.
Sabe que a mais antiga carta de foral de Algodres, tambem foi concedida por Dono Soeiro Menendi, ate a sua explicacao julgei tratar-se de: D. (Dom) parece que estava errado.
Um abraco.
 
É antiquíssima a História de Penedono.
É pequena a sua terra mas com cantos e recantos que deliciam quem os observa.
A actividade neste concelho é grande, não parece mas é!
A Autarquia de Penedono, tem sido um pólo “revolucionador” em todos os campos.
A sua Agenda cultural, editada regularmente, faz inveja a muitos municípios que também têm agenda cultural minimamente organizada, imaginem a comparação com municípios que não têm agenda cultural!
Até cinema têm, no passado dia 4 viram “O Crime do Padre Amaro” nos próximos dia 11 “King Kong” dia 18 “Oliver Twist” … quem é que está longe da civilização quem é?

As coisas que eu gostava de ver!
Mangualde já esteve mais perto.

Abraços
 
Ó Tsfm tenho vizitado o teu blog e gosto muito,não tem politica.
Visitei este Castelo á 15 anos atras e foi muito interessante,tive que pedir a chave numa tasca lá perto e quando entrei no castelo os residentes eram pombas ás centenas,os dejetos eram tantos que na escada quando se desce a camada de M..devia ter 15cm de altura e os piolhos sentiam-se sobir pelas pernas acima,mas é um castelo muito bonito visitem-no.

Um abraço
 
Marafado, com os anfitriões que tu dizes que o castelo tem, dificilmente se fará lá uma visita. Obrigado pela visita, estava a ver que os de Lapa Rubeas não vinham ao meu blog...Abraços e beijos para a tua gente.
 
Para mim o melhor blog é...
Vote em www.o-sattellite.blogspot.com
 
Conheço, mas só por fora, passo lá tantas vezes que vou ter que parar por lá um dia... quem sabe se não vou ter o privilegio de ser guiado por um mestre.
 
Tenho uma ex-colega de trabalho que se reformou e regressou às origens (Penedono). Recuperou antiga de casinha de família e mudou-se de armas e bagagens para lá. Que inveja não poder fazer o mesmo e regressar a Abrunhosa.
De vez em quando vem tratar das papeladas a Lisboa e vai sempre visitar-nos. Está sempre a convidar-nos para lá irmos visitá-la e conhecer Penedono. Acho que é desta que vou arranjar um tempinho...
Pela discrição dela, por este artigo e comentários deve ser um sítio muito bonito.
Um abraço
 
Não tarda e lá irei, passando ao lado ou aproveitando para entrar. Já lá passei muitas vezes e sempre olhei para ele deslumbrado pela forma arquitectónica que tem. É bonito.

Alex, quanto à inveja que tens da tua colega, dá tempo ao tempo e quando tiveres idade para ser reformado, com certeza que farás o mesmo que ela e virás mais vezes a Abrunhosa do Mato :-). Não querias mais nada, com 40 anitos, e já estares reformado... Até aos 70, amigo, ainda falta muito! :-)
 
É sempre útil vir aqui!

Sabes? Vi-te no jornal....heheheh

Jinhos, BShell
 
Enviar um comentário

Subscrever Enviar feedback [Atom]





<< Página inicial
Espaço para reflexões sobre Património Cultural, Arqueologia, Historia e outras ciências sociais. Gestão e Programação do Património Cultural. Não é permitida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo deste blog sem o prévio consentimento do webmaster.

Arquivo
setembro 2005 / outubro 2005 / novembro 2005 / dezembro 2005 / janeiro 2006 / fevereiro 2006 / março 2006 / abril 2006 / maio 2006 / junho 2006 / julho 2006 / agosto 2006 / setembro 2006 / outubro 2006 / novembro 2006 / dezembro 2006 / janeiro 2007 / fevereiro 2007 / março 2007 / abril 2007 / maio 2007 / junho 2007 / julho 2007 / setembro 2007 / outubro 2007 / novembro 2007 / fevereiro 2008 / abril 2008 / maio 2008 / setembro 2008 / outubro 2008 / novembro 2008 / dezembro 2008 / março 2009 / abril 2009 / maio 2009 / junho 2009 / julho 2009 / agosto 2009 / setembro 2009 / outubro 2009 / dezembro 2009 / janeiro 2010 / abril 2010 / junho 2010 / setembro 2010 / novembro 2010 / janeiro 2011 / fevereiro 2011 / março 2011 / abril 2011 / maio 2011 / junho 2011 / julho 2011 / agosto 2011 / setembro 2011 / outubro 2011 / novembro 2011 / dezembro 2011 / janeiro 2012 / abril 2012 / fevereiro 2013 / junho 2013 / abril 2016 /




Site Meter

  • Trio Só Falta a Mãe
  • Memórias de Histórias
  • arte-aberta
  • Rede de Artistas do Arte-Aberta
  • Museu Nacional de Arqueologia
  • Abrunhosa do Mato
  • CRDA
  • Instituto Arqueologia
  • Terreiro
  • O Observatório
  • Domusofia
  • O Mocho
  • ACAB
  • O Grande Livro das Cabras
  • Teoria da conspiração e o dia dia do cidadão
  • O meu cantinho
  • Escola da Abrunhosa
  • O Fornense
  • Um Blog sobre Algodres
  • d'Algodres:história,património e não só!
  • Roda de Pedra
  • Por terras do Rei Wamba
  • Pensar Mangualde
  • BlueShell
  • Olhando da Ribeira
  • Arca da Velha
  • Aqui d'algodres
  • n-assuntos
  • Universidade Sénior Mangualde
  • Rotary Club de Mangualde
  • galeriaaberta
  • Francisco Urbano
  • LONGROIVA
  • Kazuzabar